Marcadores

24 julho 2011

Design de Personagem para Animação: Marcações

Então...
Da última vez escrevi muito, né ?!... pois agora vamos direto ao assunto.

Esse é um clássico truque na animação de personagens, mas é resolvido ainda na fase de Character Design (chique, né?!). São as marcações. Mas o que são marcações?!! E pra que diabos eu preciso considerá-las?!! E por que ninguém me disse isso antes?!!... Bem, não se aflija pequeno gafanhoto! Eis as chaves do enigma:

1º - As marcações são aquelas áreas em cores diferentes que aparecem em volta da boca, dos olhos e nas pontas dos dedos de alguns personagens. São muito comuns nos animais dos Clássicos Disney.


2º - ‘Pra que?!’... basicamente para ressaltar partes determinantes do personagem. Isso porque, ao contrário dos Quadrinhos ou da Ilustração, o personagem de animação é visto quase sempre em movimento. O que pode tornar sua aparência momentaneamente confusa. No caso de animação onde se usa borrões, linhas de velocidade, multiplicação e smear, como em Tex Avery, por exemplo. Essas marcações mantêm o essencial do personagem legível enquanto outras partes da anatomia são completamente distorcidas.

3º - Por que ninguém te disse isso antes?!! Bem... talvez você esteja andando com os caras errados. Eu te aconselharia a vir aqui mais vezes... seguir esse blog seria o ideal... deixar um comentário já é um começo, mas as coisas só vão melhorar mesmo quando você começar a nos recomendar para seus amigos. :D

Continuando: As marcações ao modo Walt Disney de ser, quase não são usadas atualmente, mas sua função foi substituída por outros elementos. No meu caso, por exemplo, optei por substituí-las por formas mais sutis. Para Herb, Dulce e Dora, os olhos são dois círculos negros sobre um fundo de uma única cor (contraste baby...)


Para Red Eyes, Abner e Horace: são grandes olhos amarelos que contrastam (...sempre o contraste!) com pupilas relativamente pequenas e negras, vermelhas no caso de Red.

Na animação final, independente do movimento ou da distorção, essas partes – centrais para captar a expressão do personagem - sempre estarão perfeitamente legíveis.

Olha ai um exemplo, não nos olhos, mas nos dedos do personagem. Esses são três frames de uma cena de Uma Crônica de Traições 02-03 em que a Horace cruza rapidamente seus braços. O movimento é feito usando a técnica de smear, mas só é legível porque os dedos, funcionando como marcações, marcam (‘marcações’ e ‘marcam’! sacaram?!;D) a trajetória da mão animada em um único frame. Caso contrário, esse movimento não seria legível na animação final.


Ah se eu ganhasse ½ centavo por ponto de exclamação ou por reticências que uso! Mas eu não sou escritor, sou desenhista, então esses exageros podem ser perdoados, né?!
Até!

Um comentário:

daniel disse...

aprendi muita coisa sobre animação no seu blog ,muito obrigado pelas informaçoes wendersom .